quarta-feira, 9 de abril de 2014

'Quero manter o cinturão por mais uns dez anos', planeja Renan Barão

Prestes a defender pela segunda vez o cinturão linear peso-galo do UFC, Renan Barão não quer deixar dúvidas sobre a sua superioridade na divisão. Invicto há 32 lutas na carreira,  ele afirmou nesta terça-feira que não faz muitos planos para o futuro, mas que pretende ficar muito tempo com o título de campeão:

- Eu não planejo nada muito à minha frente. Só quero trabalhar duro e ficar com esse cinturão por mais uns dez anos. O objetivo é tentar me manter invicto por bastante tempo, treinar muito, sempre me dedicar e correr atrás para que isso seja possível - disse, completando:

-  Eu quero  fazer pelo menos três lutas por ano. Se conseguir isso, está ótimo. Eu gosto de trabalhar e treinar e enquanto puder fazer isso, vou estar feliz.

Barão deu essas declarações durante uma videoconferência promovida pelo UFC com a imprensa americana, em Las Vegas. Bem-humorado, o atleta falou sobre voltar ao octógono apenas três meses depois de nocautear Urijah Faber, em duelo que aconteceu em fevereiro passado, na cidade de Newark:

- Eu achei que lutaria mais tarde, mas já estava treinando, pois nunca paro de treinar. Estava na academia ajudando alguns amigos meus que iriam lutar e, justamente por isso, me adaptei bem rápido. Acho que vai ser um período certo. Vão ser oito semanas nos preparando para lutar, e vai dar tudo certo.





O lutador ainda falou sobre o seu duelo contra TJ Dillashaw, na luta principal do UFC 173, que acontece dia 24 de maio, em Las Vegas, e revelou como seria a lista dos melhores lutadores peso por peso do UFC na sua opinião:

- Se eu pudesse escolher, eu seria o primeiro, né? (risos). Mas falando sério, estou chegando agora, tenho muito trabalho pela frente, e acho que o certo seria o José Aldo em primeiro, o Jon Jones em segundo e eu poderia estar em terceiro, quase chegando lá!

Confira abaixo as principais declarações de Barão, divididas por tópicos:

Sobre o que sabe a respeito de TJ Dillashaw

Eu acho que ele é um cara duro, que está mostrando um bom trabalho. Estamos dando chance para todo mundo (risos). Ele tem um estilo agressivo e um jogo forte de wrestling. Eu o vi lutando no Brasil e já tive a oportunidade de assistir algumas lutas dele.

Similaridades entre TJ e Urijah Faber, a quem já derrotou duas vezes

A cada luta a gente sempre aprende alguma coisa, mas cada novo combate é uma diferente. Vai ser uma luta completamente diferente da do Faber. Pode ser que dure cinco rounds ou que acabe no segundo, terceiro ou no primeiro. Estou me dedicando bastante na parte do wrestling, sei que o Dillashaw é um cara duro nessa área e está melhorando bastante a parte em pé, então estou treinando muito a essa parte, além do jíu-jitsu. O Dillashaw e o Faber são bem parecidos na luta agarrada, acho que é mais ou menos o mesmo jogo.

Como será o duelo do dia 24 de maio

Eu não sei ainda, vamos ver o que vai acontecer, né? A dança que tocar eu estou dançando. Não tem essa, não. Se ele vier para cima, eu vou para cima também. Se tiver que ficar chutando, eu vou ali... é como eu falei, meu objetivo é tentar lutar para frente o máximo possível e tentar nocautear ou finalizar a qualquer momento. Sempre gosto de lutar para frente. Então, tomara que ele venha com tudo. Na verdade, eu prefiro que ele venha mesmo, do jeito que ele está falando aí de mostrar o preparo físico dele, né? Que ele esteja 100% mesmo para darmos um show para todo mundo.

Eu já disse que falar, qualquer papagaio fala, mas eu tenho um bom condicionamento, já lutei cinco rounds, três rounds, um round...  vou estar bem preparado no dia 24 e vou provar que o TJ está enganado.

Rivalidade entre Nova União e Team Alpha Male

Não, não existe rivalidade nenhuma. Acho que o Team Alpha Male está fazendo um excelente trabalho, está se credenciando para lutar pelo cinturão e é por isso que a gente está sempre se batendo. Acho que são duas das melhores equipes do mundo.

Sobre Dedé Perdeneiras ter perdido o título de treinador do ano para Duane Ludwig, da Alpha Male, no MMA Awards


Sem desmerecer o professor da Alpha Male, mas foi totalmente diferente da opinião de todo mundo da luta, né? Eu acho que nenhum lugar do mundo tem dois cinturões, como a Nova União tem, e o nosso treinador é o Dedé. E aí vem uma equipe que não tem nenhum cinturão, mas que fez grandes lutas, e leva o prêmio? Não desmerecendo o Duane, mas eu não concordei com isso, não. Foi errado. Eu discordo totalmente.

O que mudou em sua vida desde que se tornou campeão linear

Mudou completamente, graças a Deus! Hoje tenho mais oportunidade de ajudar a minha família e estou super feliz por isso, por poder realizar os grandes sonhos que eu sempre tive na minha vida pessoal. Também tenho vários fãs que sempre me enviam carinho, energia positiva, até na rua o carinho aumentou muito.

Ainda dorme com o cinturão?

Sim. O cinturão sempre fica na minha cama, sempre acho um espaço para ele. Eu estou pensando em colocá-lo no quadro e deixá-lo na parede, mas por enquanto ele está na minha cama e eu durmo com ele do lado a noite toda.
Renan Barão responde perguntas dos fãs em ufc Natal (Foto: Rodrigo Malinverni)Renan Barão e seu cinturão. O campeão dos galos do UFC dorme com ele a seu lado (Foto: Rodrigo Malinverni)

Sonho de lutar no Brasil

Eu luto onde tiver que lutar, mas é claro que eu adoraria ter a oportunidade de lutar no Brasil. Não lutei ainda no meu país pelo UFC. Mas estou tranquilo e feliz de poder fazer essa grande luta em Las Vegas. A primeira vez que eu estive lá eu olhei assim e pensei “Pô estou em Las Vegas, legal, maneiro!” Então estou feliz pela oportunidade de mostrar meu trabalho para o mundo todo.

Eu gostaria de lutar na minha cidade, em Natal. Teve um evento agora e eu gostei muito de ver a galera gritando e mandando força para todos os atletas. Sentir aquele calor e energia seria maravilhoso, seria um sonho se tornando realidade.

Motivação para continuar vencendo no UFC

Cheguei até aqui, mas foi com muito trabalho. O que mais me incentiva é a minha família, o meu avô que sempre lutou para me dar uma vida melhor. É nisso que eu me inspiro.

O duelo entre Renan Barão e TJ Dillashaw será a luta principal do UFC 173, que acontece dia 24 de maio no MGM Grand, em Las Vegas, no card que celebra o “Memorial Day Weekend”, um dos principais feriados dos EUA.

UFC 173
24 de maio de 2014, em Las Vegas (EUA)
 
CARD PRINCIPAL
 

Peso-galo: Renan Barão x TJ Dillashaw
Peso-meio-médio: Robbie Lawler x Jake Ellenberger
Peso-galo: Takeya Mizugaki x Francisco Rivera
Peso-leve: Jamie Varner x James Krause
 
CARD PRELIMINAR

Peso-leve: Michael Chiesa x Francisco Massaranduba
Peso-leve: Tony Ferguson x Katsunori Kikuno
Peso-galo: Chris Holdsworth x Chico Camus
Peso-leve: Al Iaquinta x Mitch Clarke
Peso-leve: Anthony Njokuani x Vinc Pichel
Peso-pena: Sam Sicilia x Doo Ho Choi
Peso-meio-médio: Danny Mitchell x Li Jiangliang

Por: Evelyn Rodrigues/Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário