terça-feira, 1 de abril de 2014

Para treinador de Glover Teixeira, Jon Jones é rude e desrespeitoso

Em entrevistas e nas redes sociais, o campeão Jon Jones gosta de alfinetar possíveis oponentes, como Daniel Cormier e Alexander Gustafsson, mas pouco fala sobre seu próximo desafiante, Glover Teixeira. Para muitos, a atitude de Bones é vista como desprezo pelo brasileiro, que tentará capturar o cinturão dos meio-pesados em 26 de abril, no UFC 172.

Treinador de Glover e do ex-campeão Chuck Liddell, John Hackleman acredita que Jones não está menosprezando seu desafiante, mas acha que seria uma grande falta de respeito por parte do americano se ele realmente estivesse pouco preocupado com a luta que tem pela frente.

“Eu não presto atenção em quem está desprezando quem. Mas se ele está fazendo isso, é rude e um tapa na cara do Glover. É muito desrespeitoso. Se os fãs estão fazendo isso, tudo bem. Mas se o Jon Jones realmente estiver fazendo isso, e eu acho que ele não está, então é rude, desrespeitoso. Talvez seja por isso que as pessoas não o amam do jeito que amavam o Chuck”, disse o treinador ao canal online “Submission Radio”.





Glover conseguiu a chance pelo título após acumular cinco vitórias no UFC, sendo dois nocautes, duas finalizações e uma decisão. Apesar dos triunfos, o brasileiro foi alvo de críticas após as lutas contra Fabio Maldonado e Ryan Bader, nas quais Glover levou muitos golpes e chegou a ficar tonto em alguns momentos. Responsável pela preparação do desafiante, Hackleman defendeu seu pupilo, afirmando que ser atingido é a coisa mais normal que pode acontecer em uma luta de MMA.

“Ele foi pego uma ou duas vezes, mas é uma luta. Ele tem uma defesa muito boa, mas é uma luta. Quando alguém tão dominante leva um golpe, as pessoas ficam impressionadas. Nós trabalhamos muito a defesa. É como quando você vai nadar. Se você pular na água, ficará molhado, assim como se você lutar, você será atingido”, justificou o treinador.

Por: Ag. Fight
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário