terça-feira, 15 de abril de 2014

Gustafsson dispara contra Jon Jones: 'Evita a revanche o quanto for possível'

A vida de um campeão do UFC não é nada fácil. Mesmo antes de defender seu cinturão dos meio-pesados contra Glover Teixeira, no UFC 172, que acontece no dia 26 de abril, em Baltimore (EUA), Jon Jones já tem de se preocupar com as provocações de seu possíveis rivais no futuro. Além de Phil Davis, que tem atacada o dono do título com mais força ultimamente, outro que não fica atrás é Alexander Gustafsson.

Em entrevista ao site "MMA Junkie", o sueco analisou a situação da categoria até 93kg, se defendeu de fãs que consideram que ele e Cormier - prováveis próximos na fila pela chance pelo título - estão tendo lutas fáceis e disparou contra a postura de Jones ao ser perguntado sobre sua opinião em relação aos comentários de Jon no Twitter, como uma tentativa de manipular o futuro da categoria. 

- Acho que sim, de certa forma (Jones tenta manipular o casamento das lutas). Mas não me importo muito com isso. Me enfrentar é um confronto difícil para ele. Ele apenas está tentando evitar o quanto for possível - declarou o meio-pesado, que vem de vitória por nocaute contra Jimi Manuwa.





Sobre a opinião de alguns fãs, que consideram que o caminho de Alexander e Cormier tem sido facilitado pelo Ultimate, o sueco exaltou o adversário que teve pela frente.

- Nesse caso eu diria que não, pois venci a luta, venci no primeiro round, e fiz uma boa apresentação. Mas Jimi é um bom competidor. Ele estava por perto, era invicto, e por isso eu estava preparado para o melhor Manuwa e pronto para uma guerra. Tudo foi bem e consegui vencer, mas foi uma luta dura. Tudo se trata das circustâncias - avaliou.

Alexander Gustafsson aguarda o vencedor do confronto entre Jon Jones e Glover Teixeira para saber quem será seu rival na disputa de cinturão que já lhe foi garantida pela organização após sua última vitória. Vale lembrar que Gustafsson foi o responsável pela luta mais difícil da carreira de Jones. Motivo suficiente para saber que pode novamente oferecer perigo ao reinado do americano.

Por: LANCEPRESS!
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário