quarta-feira, 2 de abril de 2014

Griffin defende uso da TRT: “Não transforma Chihuahua em Pitbull”

Após alguns anos de uso pelos lutadores, a controverso a Comissão Atlética de Nevada decidiu, em março, banir definitivamente o uso da TRT (Terapia de Reposição de Testosterona), o que tem gerado bastante discussão no meio.

Lutadores como Vitor Belfort e Dan Henderson vão ter que se acostumar a lutar sem as doses de testosterona. O banimento da Terapia causou indignação em Forrest Griffin, que se beneficiava da TRT e defendeu o seu uso.

“Não entendo, o que há de errado com querer ir melhor em seu trabalho, você tem apenas uma vida. Eu queria ser muito maior, mais forte e mais rápido. As pessoas acham que TRT é para pessoas preguiçosas. Não, nós apenas estamos tentando melhorar. Todas as drogas do mundo não vão tornar um Chihuahua em um Pitbull. Eu poderia usar TRT todos os dias que Jon Jones iria me espancar sempre, mas eu poderia ser melhor”, disse Griffin, emendando.





“Você toma Prozac? Pare de tomar. Não use drogas para melhorar você. Seus filhos tomam Ritalina? Você acha que eles estão trapaceando na escola? Vamos parar de hipocrisia!”, disse em entrevista ao site "MMA Fighting".

A reação do ex-campeão dos meio-pesados, Forrest Griffin não chega a ser uma surpresa, já que em sua última luta, no UFC 148, o americano teve garantida sua autorização para fazer o uso da terapia.

Por: Ag. Fight
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário