quinta-feira, 3 de abril de 2014

Após Dana negar, Dan Henderson x Daniel Cormier pode ser no UFC 175

Apesar do presidente do UFC, Dana White, ter ido ao Twitter no início da semana desmentir a realização do duelo entre Daniel Cormier e Dan Henderson no UFC 175, no dia 5 de julho, em Las Vegas, o “UFC Tonight”, programa oficial do Ultimate, afirmou nessa quarta-feira que checou com fontes próximas e que o duelo está, sim, sendo  programado para o card que comemora a Independência dos EUA. Na última semana o programa havia anunciado que Cormier voltaria ao octógono contra o brasileiro Rafael Feijão, mas o UFC teria decidido oferecer a “DC” o duelo contra Hendo, depois da vitória eletrizante do americano sobre Maurício Shogun no UFC Natal, em 23 de março.

Cormier é ex-atleta olímpico (competiu nas Olimpíadas de 2004 e 2008 pelo time de wrestling dos EUA) e, aos 35 anos, está invicto no MMA com um cartel de 14 vitórias. Ele fez a sua estreia entre os pesos meio-pesados do UFC em fevereiro, quando derrotou o  ex-companheiro de treino Patt Cummins com um nocaute no primeiro round.





Já Dan Henderson tem um cartel de 30 vitórias e 11 derrotas e vem de vitória por nocaute técnico contra Maurício Shogun em Natal, após de perder para Lyoto Machida, Rashad Evans e Vitor Belfort em sequência. O veterano também é ex-atleta olímpico, tendo defendido o time de luta greco-romana dos EUA  em 1992 e 1996.

Enquanto isso, o brasileiro Rafael Feijão, que deve perder a chance de lutar contra Cormier, não ficará fora do card da Independência. O meio-pesado provavelmente terá pela frente o americano Ryan Bader, campeão do TUF 8. A informação foi revelada por Dana White a um fã no Twitter e confirmada pelo “UFC Tonight” nesta quarta-feira.

Aos 33 anos de idade, Rafael Feijão tem um cartel de 12 vitórias, quatro derrotas e um “no-contest". Depois de uma carreira de sucesso no Strikeforce, evento do qual foi campeão dos meio-médios, o brasileiro tenta se firmar no Ultimate, onde tem duas lutas e vem de vitória sobre Igor Pokrajac em novembro passado. Já Ryan Bader tem 30 anos e um cartel de 16 vitórias e quatro derrotas. Vencedor da oitava edição do TUF nos EUA, ele vem de vitória sobre Anthony Perosh, em dezembro passado, após perder para Glover Teixeira em setembro.

UFC 175
5 de julho de 2014, em Las Vegas (EUA)

CARD DO EVENTO

Peso-médio: Chris Weidman x Lyoto Machida
Peso-meio-pesado: Daniel Cormier x  Dan Henderson*
Peso-meio-pesado: Ryan Bader x Rafael Feijão*
Peso-médio: Uriah Hall x Thiago Marreta

Por: Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário