terça-feira, 25 de março de 2014

Gina Carano afirma que se a circunstância for boa, volta para o MMA

Com a carreira voltada para Hollywood desde 2009 quando foi derrotada para a brasileira Cris Cyborg, Gina Carano é um nome que os fãs de MMA nunca esquecem.

Desde que Joe Rogan deu uma entrevista falando que o UFC deveria fazer um grande anúncio para a nova adversária de Ronda, que o nome de Gina não sai da boca dos fãs e dos especialistas de MMA.

O presidente Dana White já disse que não está negociando com Gina, mas também não descartou uma contratação pelo UFC. Aliás, ele disse que como Gina abandonou o esporte ainda com contrato com o Strikeforce, ela estaria com contrato vigente com o UFC.

Gina em entrevista para a FOX Sports nessa segunda-feira afirmou que não descarta a ideia de lutar no UFC em breve.

“Eu nunca me aposentei. Eu nunca disse oficialmente. Por alguma razão, uma parte de mim sempre se manteve aberta. Eu não sei, há uma certa parte de mim que pensa, se as circunstâncias estiverem certas, eu poderia continuar fazendo o que eu estou tentando fazer para o meu futuro. Se as circunstâncias estiverem certas, nunca se sabe, estou muito aberta a isso”.





As circunstâncias que Gina se refere não foram explicadas… mas ela pretende seguir com a carreira de atriz.

A ex-lutadora não nega que esteja conversando com o UFC, mas ela não pode entrar em detalhes.

“Eu sinto que eu não possa dizer muito. Tenho todas essas informações que, se eu pudesse falar livremente, eu contaria o que está acontecendo.” Gina brincou. “Eu gostaria de poder abrir minha mente e dizer exatamente as coisas que eu vi e as conversas que eu tive, mas eu acho que para resumir de uma forma agradável, eu posso dizer que se a circunstância for boa o suficiente, eu voltaria porque o meu primeiro amor é o MMA”.

E Gina fala sobre como iniciou nas artes marciais.

“Não foi algo que eu fiz para compartilhar com as pessoas, eu fiz porque eu me sentia bem. Eu não tinha ideia de quão popular o MMA seria. Foi algo que me endireitou. Não era yoga, era algo que eu comecei a praticar e gostei.”

Gina acha interessante os rumores sobre a sua possível volta. “Faz muito tempo que não treino para uma luta, por isso foi muito interessante quando esses rumores começaram a chegar.”

Orgulhosa do legado que começou, Gina não nega que gostaria de fazer parte de tudo de novo, principalmente de tudo o que ela ajudou a plantar. “O MMA cresceu, hoje os atletas estão tão profissionais, tem nutricionistas, é uma coisa tão bonita. Lutadores de MMA são alguns dos melhores lutadores do mundo e agora estão sendo tratados como merecem. Quando eu estava lutando era difícil andar na academia e ter outra mulher para treinar. Agora tem grupos de mulheres que treinam juntas, e há tantas novas lutadoras boas aparecendo.”

“Fico muito feliz e aprecio Cris Cyborg e Ronda dizendo que elas gostariam que eu voltasse. Isso me faz sentir especial.”

Por: Fabíola Nishi/Dama de Ferro
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário