quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Viscardi crê em duelo rápido contra sueco: 'Vou gostar de lutar contra ele'

Após boa participação no The Ultimate Fighter Brasil 2, o meio-médio Viscardi Andrade precisou de apenas 1m36s para vencer o americano Bristol Marunde em sua estreia no UFC. A segunda vez no octógono será neste sábado, contra o sueco Nicholas Musoke, em Jaraguá do Sul-SC. Para o brasileiro, o duelo tem tudo para ser tão breve quanto o primeiro:

- Acredito que a luta vai ser rápida, não vai demorar. Ou eu ou ele vai cair, ou alguém vai pegar. Acho que não passa do primeiro round. Vi várias lutas dele. Ele não estuda, não marca golpe e vem para cima para matar. Eu gosto de dar uma marcada para entrar com tudo também. Quando colidir, um vai cair para um lado, e o outro vai cair para o outro. Ou sei lá (risos). Vai ser interessante - disse ao Combate.com.

Viscardi acredita que o estilo dos dois tornará a luta emocionante, mesmo que seja rápida. E ele ainda mal acredita no sonho que está vivendo desde que entrou no UFC:

- Estou muito feliz, muito mesmo. Estou vivendo um sonho. Estou me sentindo muito bem. Confio plenamente nos meus treinadores. Meu treino foi em cima. O adversário que vou pegar é um cara duríssimo, mas vou gostar de lutar contra ele. Não é amarrão, não segura o jogo. Ele vai para definir, e eu sou assim também. Vai ser uma luta dinâmica, e vai ser ótimo para quem estiver assistindo.

Esse sonho ficou maior ainda por causa de um presente que Viscardi ganhou. Ele está no card principal do evento, apesar de ser somente sua segunda luta na organização. Para o brasileiro, entre os motivos que explicam a escolha está o lado polêmico dele no TUF Brasil 2, como quando discutiu com Rodrigo Minotauro:





- Acho que foi um pouco de tudo. Foi o programa, que mexeu com o público. O pessoal ficou na expectativa. Alguns gostaram, outros não gostaram, mas todo mundo viu. Todo mundo queria me ver em ação, e a minha luta no UFC Rio foi boa. O nocaute rápido deu uma impressionada. Aí o Dana White deu uma oportunidade para ver se é isso mesmo. Pegou o Nico, que é um cara que vem de uma finalização rápida também. Acho que a ideia é chocar os dois para ver quem sai de lá e começar a colocar o vencedor contra uns caras mais duros e mais famosos.

Faixa-preta de jiu-jítsu, Viscardi vai enfrentar um adversário que vem de bela finalização sobre Alessio Sakara no primeiro round. Mesmo assim, não crê que Musoke queira lutar no chão:

- Acredito que ele não vai querer ir comigo para o chão. Acho que ele vai querer ficar na luta em pé. Eu vou querer trocar e me sentir à vontade, mas é lógico que vou botar para baixo se tiver a oportunidade. Se eu vir que estou bem em pé, fico assim. Se vir que embaixo estou bem, vou. E se estiver ruim, vou mudando. Isso é o MMA. Vou no caminho mais fácil.

Desde o fim do TUF Brasil 2, Viscardi pôde se concentrar mais em sua carreira de lutador. Por conta disso, ele conta que teve uma tremenda evolução profissional:

- Mudou tudo para melhor. Hoje posso me dedicar mais aos treinos. Senti uma evolução muito grande da casa para cá. Eu sempre dei muito aula, e hoje ainda dou, mas agora é bem menos. Eu dava aula todo dia, uma atrás da outra, fora os trabalhos de personal. Hoje consigo treinar de manhã, descansar à tarde e treinar de novo à noite. Quase todo dia dou uma aulinha, mas é uma hora só, está tranquilo. Consigo me dedicar mais e ter mais profissionais capacitados ao meu lado. Eles focam no treino em cima de mim. Antigamente era um treino coletivo. Agora tem um foco e um carinho em mim, para eu poder me preparar. Então, a evolução está bem maior.

O canal Combate fará a transmissão ao vivo do evento neste sábado, a partir das 22h (de Brasília), e também da pesagem, na sexta, às 16h.

UFC: Machida x Mousasi
15 de fevereiro de 2014, em Jaraguá do Sul-SC
 
CARD PRINCIPAL

Peso-médio: Lyoto Machida x Gegard Mousasi
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Francis Carmont
Peso-meio-médio: Erick Silva x Takenori Sato
Peso-meio-médio: Viscardi Andrade x Nicholas Musoke
Peso-pena: Charles do Bronx x Andy Ogle
 
CARD PRELIMINAR

Peso-leve: Cristiano Marcello x Joe Proctor
Peso-leve: Rodrigo Damm x Ivan Batman
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Jesse Ronson
Peso-galo: Iuri Marajó x Wilson Reis
Peso-pena: Felipe Sertanejo X Maximo Blanco
Peso-meio-médio: Ildemar Marajó x Albert Tumenov
Peso-pena: Douglas D'Silva x Zubair Tuhugov

Por: Ivan Raupp e Marcelo Russio/Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário