terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Thiago Silva comparece a audiência algemado e juiza transfere caso

O lutador Thiago Silva, preso no início do mês após um incidente que envolveu a invasão de uma academia e ameaças à sua ex-esposa nos Estados Unidos, compareceu na última sexta-feira (21) a uma audiência em que seria definida sua fiança. Porém, a juíza responsável pelo caso, Lynn Rosenthal, optou por transferir o caso do ex-atleta do UFC para a vara doméstica.

Thiago, que está sendo acusado de ataque grave com arma de fogo, resistir à prisão sem violência e duas acusações de agressão grave, acompanhou a audiência algemado e contou com a presença de dezenas de amigos, que lotaram a corte no intuito de convencer as autoridades que o brasileiro não é uma pessoa de má índole.





- Eles o julgam pelas tatuagens e pelo tamanho. Quando você vê 75 pessoas aparecerem para (apoiar) um homem que é mau? - disse Glenn Robinson, técnico do lutador, em entrevista ao site do canal norte-americano "CBS Miami".

Thiago Silva foi detido no dia 7 de fevereiro após invadir a academia de jiu-jitsu do professor Pablo Popovitch e ter ameaçado as pessoas no local. Segundo informações divulgadas pelo primeiro juiz responsável pelo caso, Thiago chegou a apontar uma arma de fogo para sua esposa, Thaíssa, por suspeitar que ela mantivesse um caso com Popovitch e que o brasileiro já havia ameaçado a ex-cônjuge em outras oportunidades.

Por: MMA Press/Lancenet
Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário