domingo, 16 de fevereiro de 2014

Ronaldo Jacaré domina Carmont e vence por pontos; Erick Silva nocauteia

Também cotado para disputar o cinturão dos médios do UFC, Ronaldo "Jacaré" Souza subiu ao octógono como favorito para a luta contra Francis Carmont. E o brasileiro não decepcionou.

Jacaré dominou os três rounds e venceu Carmont por pontos. Com a vitória, o brasileiro também se aproximou de uma possível disputa de cinturão. Mas caso não seja possível, pediu que o UFC lhe dê um adversário a altura.

Jacaré começou a luta impondo seu ritmo e encurralando Carmont no octógono. O francês pouco pode fazer com a forte pressão que o brasileiro exercia sobre ele. Por pouco, Jacaré não terminou com a luta no primeiro round. Após conseguiu um knockdown, o brasileiro encaixou um mata-leão no francês, que conseguiu resistir bravamente. No segundo e terceiro round, Jacaré manteve sua postura e ficou perto de finalizar a luta.

Após o combate, o brasileiro elogiou a bravura do adversário e disse que achou que poderia ter finalizado a luta antes.

"O Francis é casca grossa. Antes da luta eu estava falando que iria ser uma luta dura e que iria terminar antes do fim. Consegui defender todas as quedas e fui bem.





Três vezes eu achei que estava perto de finalizar. Ele é um adversário casca grossa demais e foi bem".

Perguntado se gostaria uma chance de disputar o cinturão dos médios, Jacaré foi direto.

"O campeão com certeza. Gostaria de enfrentar o campeão da categoria. Mas se o UFC achar que ainda não estou pronto, que me dê algum outro adversário a minha altura".

Erick Silva atropela Takenori Sato no primeiro round

Vindo de derrota no UFC Barueri, o meio-médio Erick Silva espantou a má fase e atropelou Takenori Sato. O brasileiro venceu o japonês logo no início do primeiro round por nocaute técnico.

Erick começou a luta encurtando a distância e bastou um chute para derrubar o japonês, que ainda tentou agarrar o pé de Erick, mas de nada adiantou, o capixaba golpeou o adversário impiedosamente até o árbitro Mário Yamasaki parar a luta.

"Treinei bastante. Treinei três meses para essa luta. Precisava de um resultado bom para todo mundo voltar a acreditar em mim. Eu e minha equipe treinamos bastante esse chute no estômago e cabeça. E o primeiro chute entrou. Treinamos tanto que entrou o primeiro no tempo exato".

Viscardi Andrade comemora antes da hora e perde para Nicholas Musoke

Vindo de grande vitória em sua estreia no UFC, o meio-médio Viscardi Andrade subiu ao octógono com status de favorito contra o sueco Nicholas Musoke, e após fazer um grande primeiro round, o brasileiro foi dominado pelo adversário e acabou perdendo por pontos.

Viscardi começou a luta dominando Musoke e conseguindo conectar mais golpes. O brasileiro conseguiu um knockdown e comemorou pensando que seu oponente estava nocauteado, mas o sueco se recuperou bem e venceu o combate por pontos.

Charles do Bronx se recupera de derrotas e finaliza Andy Ogle

Outro brasileiro buscando afirmação no UFC era o peso-pena Charles do Bronx. Vindo de derrotas para Cub Swason e Frank Edgar, o brasileiro espantou a má fase e com uma grande atuação finalizou o inglês Andy Ogle no terceiro round.

Após um começo de luta equilibrado, Charles do Bronx logo tomou conta da luta e por pouco não venceu no primeiro round com um triângulo de mão. Mas a vitória veio no terceiro e faltando pouco tempo para fim da luta. Charles aproveitou descuido de Ogle para encaixar uma triângulo e vencer o inglês.

Confira os resultados do UFC Jaraguá

Card principal

Lyoto Machida venceu Gegard Mousasi por decisão unânime dos jurados
Ronaldo "Jacaré" Souza venceu Francis Carmont por decisão unânime dos jurados
Erick Silva venceu Takenori Sato por nocaute no primeiro round
Nicholas Musoke venceu Viscardi Andrade por decisão unânime dos jurados
Charles do Bronx venceu Andy Ogle por finalização (triângulo) no terceiro round

Card preliminar

Joe Proctor venceu Cristiano Marcello por decisão unânime dos jurados
Rodrigo Damm venceu Ivan "Batman" Jorge por decisão unânime dos jurados
Franciso Trinaldo, "Massaranduba" venceu Jesse Ronson por decisão dividida dos jurados
Iuri "Marajó" Alcântara venceu Wilson Reis por decisão dividida dos jurados
Felipe Sertanejo venceu Maximo Blanco por decisão unânime dos jurados
Ildemar "Marajó" Alcântara venceu Albert Tumenov por decisão dividida dos jurados
Zubaira Tuhugov venceu Douglas Silva por decisão unânime dos jurados

Por: UOL Esporte
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário