quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

‘Quando a pressão aparece, eu dou meu melhor’, confia Sara McMann

Sara McMann fará, neste sábado (22), a luta mais importante de sua curta carreira no MMA. A lutadora disputará o cinturão do UFC contra Ronda Rousey, fazendo o combate principal do evento de número 170. Tal cenário não deixa a desafiante assustada, já que ela tem em seu currículo outras competições de grande porte.

McMann conquistou três pódios em campeonatos mundiais de wrestling, com a prata em Nova York (2003) e os bronzes em Budapeste (2005) e Baku (2007). Além disso, ela conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de Atenas (2004) e o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo (2003) e do Rio de Janeiro (2007).





Tais desempenhos convenceram McMann de que, em situações de grande pressão, ela rende o seu melhor. “Eu não sei se necessariamente o meu sucesso olímpico me fez ter sucesso no MMA. Acho que dá para pegar exemplos de medalhistas olímpicos que não tiveram sucesso em outro esporte. Então, acho que parte disso vem de cada indivíduo”, comentou a lutadora, em entrevista ao site norte-americano “MMA Weekly”. “Quando competi em meu primeiro campeonato mundial ou nas Olimpíadas, eu nunca havia feito aquilo antes. Então, isso me mostrou que eu sou treinada a situações de grande pressão. Quando a pressão aparece, eu dou meu melhor.”

Em sete lutas profissionais de MMA, McMann conquistou sete vitórias, sendo apenas três na decisão dos juízes. Sua próxima oponente, Rousey, também está invicta: ela tem sete triunfos, sendo todas por finalização.

Por: MMA Press/Lancenert
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário