terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Nick Diaz só volta ao UFC se for em combate pelo título

Com duas derrotas em seus últimos combates e sem lutar desde março do ano passado, Nick Diaz diz que só há uma maneira de fazê-lo sair da aposentadoria e calças novamente as luvas: uma disputa de título.

Em conversa com os jornalistas nos bastidores do UFC 170, no último sábado (22), o ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios do Ultimate afirmou que ainda não desistiu da ideia de lutar novamente pelo título, e garantiu que traria lucros ao UFC caso conseguisse seu desejo.

“Eu não ligo. Estou falando sobre uma luta pelo título. No fim das contas, eu sou o único que vai gerar lucro. Nós tivemos a terceira maior venda de pay-per-view (UFC 158), e não foi só por causa do Georges St-Pierre. As pessoas pagam para me ver lutar, eles querem ver alguém ser nocauteado ou finalizado, ou eles querem me ver apanhando, o que eles estão esperando faz tempo mas não aconteceu”

Além de querer voltar no topo após quase um ano sem lutar, Diaz não quer saber de combates eliminatórios pelo título.





“Eu luto há 11 anos, já fiz todas essas lutas. Não preciso aceitar uma luta de aquecimento, por que eu faria isso? Para ajudar alguém? Trazer alguém para o meu nível? Eu já passei por tudo isso e vocês ainda não me viram tomar uma surra”, declarou o lutador.

Dana White: “não vale a pena falar disso”

O presidente do UFC, Dana White, já cansou de tentar negociar o retorno do polêmico lutador ao UFC. Em conversa com os jornalistas realizada após o UFC 170, no último sábado (22), o mandatário afirmou que a volta de Diaz como desafiante está fora de cogitação.

“Ele não me falou nada disso. Eu nem ouvi falar sobre o Nick Diaz. Ele telefonou e pediu alguns ingressos. Nem vale a pena falar disso. Ele não lutou, ele não quis nenhuma luta, e ele não é relevante”, declarou Dana.

Atualmente, o cinturão dos pesos-meio-médios do UFC está vago. O novo dono será definido na noite de 15 de março, quando Johny Hendricks e Robbie Lawler se enfrentarem na luta principal do UFC 171.

Por: Ag. Fight
Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário