quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

José Aldo pode defender cinturão dos penas mais uma vez antes de encarar Pettis

Se o duelo entre Anthony Pettis e José Aldo parecia certo, a lesão no joelho do campeão dos penas pode complicar os planos do Ultimate. Segundo o "UFC Tonight", jornal oficial do Ultimate, Pettis vai passar por uma nova avaliação na próxima semana e, caso seu retorno ao octógono seja adiado mais uma vez, a organização não poderá promover a luta contra Aldo no dia 5 de julho, conforme programado inicialmente. Assim, o brasileiro seria forçado a fazer mais uma defesa de cinturão nos penas antes da superluta contra "Showtime".

Em dezembro, Anthony Pettis passou por uma cirurgia no ligamento cruzado posterior do joelho esquerdo. O tempo de recuperação estimado era de seis meses a nove meses, mas as expectativa inicial era de que o campeão dos leves estivesse apto a retornar aos octógonos no prazo mínimo. A próxima avaliação médica a qual Pettis será submetido vai revelar a evolução da reabilitação do atleta e definir se há ou não a possibilidade de que ele volte a treinar nos próximos meses e lute em julho.





José Aldo e Anthony Pettis já estiveram muito próximos de se enfrentarem. Em agosto do ano passado, os dois disputariam o cinturão dos penas, no UFC Rio 4. Porém, Pettis desistiu do combate devido a uma lesão. Menos de um mês depois, no entanto, o norte-americano voltou ao octógono no UFC 164 e venceu Ben Henderson, conquistando o título dos pesos leves. No combate contra Bendo, "Showtime" agravou a contusão no joelho que havia lhe forçado a se retirar do confronto contra Aldo e não fez mais nenhuma luta desde então.

Por: MMA Press/Lancenet
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário