quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Jones não espera por grandes mudanças no jogo de Glover Teixeira no UFC 172

Jon Jones não espera por grandes surpresas em sua próxima defesa de cinturão, contra Glover Teixeira, no UFC 172. O campeão dos meio-pesados considera que o desafiante não trará muitas novidades em seu jogo em comparação ao visto em suas últimas lutas.

Segundo Jones, o fato de Glover ser um veterano de 34 anos de idade e estar há mais de uma década no MMA torna improvável que ele apresente uma grande evolução em um período de tempo tão curto.

“Não há nada que Glover possa fazer em seu treinamento que mudará completamente o lutador que ele é. Ele sempre pode aprender novas técnicas, mas é mais difícil isso acontecer na idade em que ele está e no momento de sua carreira. Já eu estou nesse esporte há cinco anos, enquanto que Glover está fazendo isso desde que eu estava no colégio. Então, se fosse para ele fazer algo incrível, ele já devia ter feito”, avaliou o campeão, em entrevista ao site norte-americano Bloody Elbow.





“Eu ainda tenho que respeitá-lo e lembrar que ele pode aprender novas técnicas para essa luta. Mas ele ainda é o mesmo cara. Sua velocidade não vai ficar muito maior, ele não vai ficar muito mais forte. Quanto a mim, sinto que sou um novo lutador, com uma nova postura”, acrescentou o norte-americano.

No UFC 172, no dia 26 de abril, Jones tentará ampliar seu recorde de defesas do cinturão dos meio-pesados. Contra Alexander Gustafsson, em setembro de 2013, ele chegou à marca de seis defesas bem sucedidas, superando Tito Ortiz, antigo recordista com cinco.

Por: MMA Press/Lancenet
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário