terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Ex-esposa de Thiago Silva culpa uso de cocaína por surto de violência

A ex-esposa do lutador Thiago Silva, Thaysa Kamiji, afirmou que o ex-integrante do UFC não tinha comportamento agressivo com ela até começar a usar cocaína. Em entrevista ao site "UOL", a também lutadora de jiu-jítsu disse que o relacionamento dos dois, encerrado em dezembro de 2012, vinha sendo respeitoso até o atleta começar a usar a droga, o que, segundo ela, causou uma piora do desequilíbrio e dos seus arroubos de violência doméstica.

- Estávamos com um relacionamento saudável, cada um no seu espaço. Nas três últimas semanas ele ficou assim. Acho que isso é consequência do uso de cocaína. Meu casamento acabou desde dezembro de 2012. Na nossa relação, eu tinha que lidar com o desequilíbrio e agressões dele. Mas nunca fui pra polícia falar por temer as reações. Mesmo depois de agredida eu não falava. Foi isso que acabou com o casamento. O problema foi a cocaína. Ele sempre acha que está acima da lei. A vizinha do lado ficava sabendo que, quando eu gritasse, era pra chamar a polícia. Ele tinha as paranoias de cocaína, veio na minha casa, cortou minhas roupas e apontou a arma na minha cabeça. Eu já tinha dado algumas queixa, mas retirei por medo.





Thaysa também garante que Thiago sabia de seu relacionamento com Pablo Popovitch, seu instrutor de jiu-jítsu, e garante não temer retaliações caso o lutador seja solto nos próximos dias ou meses.

- Ele sabia que eu estava com o Pablo. Aqui (nos EUA) são muito rígidos com essa questão de agressão a mulheres.

Thiago Silva segue preso na Flórida, aguardando o recurso para que possa responder às acusações de agressão com perigo de morte, posse ilegal de arma e resistência não-violenta à prisão, em liberdade.

Por: Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário