sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Dana alfineta Cyborg: “Usou tantas drogas que ficou parecendo o Wanderlei Silva”

Bastante expressivo, o presidente do UFC, Dana White, não perde a oportunidade de criticar seus desafetos, e desta vez o alvo do mandatário foi a lutadora brasileira Cristiane ‘Cyborg’. De acordo com o repórter Dave Farra, da rádio americana CBS, Dana fez comentários nada agradáveis sobre a atleta em um encontro com a imprensa realizado em Las Vegas (EUA) nesta semana.

“A Cyborg se parece (fisicamente) com o Wanderlei Silva. Ela usou tantas drogas que a cabeça dela ficou enorme. Alguém realmente acredita que ela luta limpa?”, perguntou o cartola.

Cyborg, de 28 anos, foi flagrada em exame antidoping por uso de anabolizantes em dezembro de 2011, após o combate contra Hiroko Hamata em um dos últimos eventos do extinto Strikeforce. Após o fim da franquia, a brasileira foi contratada pelo UFC, mas não entrou em acordo com a organização e migrou para o Invicta FC e faturou o cinturão do evento.





No encontro com jornalistas, Dana rechaçou qualquer possibilidade da realização de um combate entre a brasileira e Ronda Rousey, atual campeã peso-galo do UFC. Fazendo sua carreira na categoria peso-pena (até 66kg), Cyborg chegou a dizer que colocaria sua vida em risco caso tentasse fazer o corte para 61kg, que era a única categoria feminina do UFC. Tal alegação arrancou muitas críticas de Dana.

“Cyborg vs Ronda é ridículo. A Cyborg disse que morreria se batesse 61kg. Isso não faz sentido. A Cyborg não poderia ter contratado um idiota maior do que Tito Ortiz para empresário. Ele fez mais estragos do que qualquer um que eu já conheci”, disse o mandatário.

Por: Ag. Fight
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário